Digite seu email e receba os informativos personalizados

14 de nov de 2007

FORÇA PARA NÃO DESISTIR

Palavra...

Sl 18:2 - O SENHOR é a minha rocha, a minha cidadela, o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu baluarte.

INTRODUÇÃO:
Na luta pelos nossos alvos, metas, propósito ou objetivos, às vezes lutamos muito e não vemos muito resultado. Parece que a célula não cresce, o patrão não reconhece o trabalho, o dinheiro fica escasso, as pessoas afastam!! Ufa!! O desejo é de desistir! Muitos, desistem, outros ficam desestimulados, outros perdem a ação, vem o marasmo, o cansaço e a incredulidade! O que você faz quando vem situações difíceis assim?
A FILHA DE UM CHEFE DE COZINHA PASSOU POR SITUAÇÕES ASSIM, ENTÃO ELA PEDIU A SEU PAI UMA PALAVRA DE SABEDORIA: Ela não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar e combater, sem nenhum resultado. Parecia que assim que um problema estava resolvido um outro aparecia.
Seu Pai, um “chef” de cozinha, levou-a ao seu local de trabalho. Ali encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Em uma ele colocou cenouras, em outra colocou ovos e na última colocou pó de café. Deixou que tudo fervesse sem dizer uma palavra, só olhava e sorria para sua filha enquanto esperava.
A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ele estaria fazendo. Cerca de vinte minutos depois, ele apagou as bocas de gás. Retirou os ovos e os colocou em um recipiente. Pegou as cenouras e as colocou em um prato e finalmente pegou o café com uma concha e o colocou em uma tijelinha. Virando-se para sua filha, perguntou: Querida, quê vês? “Ovos, cenouras e café”. Foi a sua resposta.
Ele a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Ele, então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse. Ela obedeceu e depois de retirar a casca verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole do café. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso. Surpreendida e intrigada a filha perguntou: O que isto significa, pai?
Ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade: Água fervendo. Só que haviam reagidos de maneira diferente. A cenoura entrara na água, forte, firme e inflexível. Mas depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil. Os ovos haviam entrado na água, frágeis. Sua casca fina havia protegido seu líquido interior. Mas depois de terem sido fervidos na água, seu interior se tornou mais endurecido. O pó de café, contudo, era incomparável. Depois que fora colocado na água fervendo, ele havia mudado a água. Qual dos três elementos é você? Quando a adversidade bate a sua porta, como você respondes? Ele perguntou a sua filha. Você é do tipo cenoura, ovo ou pó de café? Qual dos três elementos é você? Você é como a cenoura que parece forte, mas com a dor e a adversidade você murcha e se torna frágil e perde sua força? Será que você é como um ovo, que começa com um coração maleável, com um espírito fluido, mas depois de alguma morte, uma separação, uma doença ou uma demissão, você se torna mais difícil, duro e inflexível? Sua casca parece à mesma, mas você está mais amargo e obstinado, com o coração e o espírito inflexíveis? Ou será que você é como o pó de café? O Café muda a água fervente, o elemento que lhe causa a dor, quando a água chega ao ponto máximo de sua fervura, ele consegue o máximo de seu sabor e aroma.
Que Deus o faça como o pó de café, que quando as coisas ficam ruins, você possa reagir de forma positiva, se tornando melhor sem se deixar vencer pelas circunstancias, e fazendo com que as coisas em torno de você também se tornem melhores! Que diante da adversidade da vida exista sempre uma luz que ilumine teu caminho e a todas as pessoas que te rodeia. Para que possas sempre espalhar e irradiar com tua força, otimismo e alegria o “Doce aroma do café”. Para que nunca perca esse cheiro agradável e inigualável que só você sabe transmitir as outras pessoas. E transformar a adversidade em algo melhor, amparado por Deus. Somos nós os responsáveis pelas próprias decisões. Cabe a nós, somente a nós, decidir se a crise irá ou não afetar nosso rendimento profissional, nossos relacionamentos pessoais, nossa vida. Ao ouvir outras pessoas reclamando da situação, ofereça uma palavra positiva. Mas você precisa acreditar nisso. Confiar que você tem capacidade suficiente para superar este desafio. Espero que, nestas semanas que se seguem, quando lhe convidarem para tomar um café, você possa repassar essa história. Uma vida não tem importância se não for capaz de imputar positivamente a outras vidas. O que você é: cenoura, ovo ou café? Vamos procurar ser CAFÉ, usando as adversidades para modificar o sabor da vida, com um aroma sempre especial !!!

12 de nov de 2007

Vivendo a vida de Deus



“E eis que veio um leproso e o adorava, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. Jesus, pois, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. No mesmo instante ficou purificado da sua lepra.” (Mateus 8:2-3)

Nesse texto encontramos um homem que buscou em Jesus receber libertação e cura. Ele estava a procura do basta de Deus. Queria ser alcançado por esse poder maravilhoso para que pusesse usufruir uma vida sem tormentos, sem enfermidades. Havia chegado um ponto em sua vida que ele sabia que algumas coisas já não cabiam mais.

Como esse homem, muitos estão em busca de libertação e de cura. Porém, não são todos que têm a mesma coragem de admitir o quão necessitados são. Não reconhecem que o ponto em que chegaram também não lhes permite mais viver com algumas situações. Mas, infelizmente, alguns preferem conviver com a enfermidade. Julgam ser mais fácil conservá-la do que preservar-se sarado.

Deus tem um projeto específico para cada um de Seus filhos. Ao dar Seu Filho Jesus para morrer por nós, proporcionou-nos uma vida de libertação e cura e mais, uma vida em que pudéssemos manter sadiamente o que Ele conquistou na Cruz. Jesus não veio ao mundo, morreu e ressuscitou para ficar alimentando as nossas feridas. Ele é o Senhor que sara. Ele é o Senhor que quer manter-nos curados.

O Senhor sabe que para vivermos uma vida de santidade é necessários que, diariamente, busquemos a Sua presença, vivamos a cada instante a libertação e a cura que Ele tem para nós. Assim conquistaremos uma vida de santidade em todas as áreas.


Santidade em sua vida

Muitas pessoas têm um encontro com Jesus, mas não conseguem deixar alguns hábitos do passado, não conseguem deixar os melindres. Vivem se imaginando com doenças e quando ouvem uma ministração que fala sobre cura, sobre viver a vida em abundância que Deus tem para elas até se ofendem.

É chegado o tempo de não aceitarmos mais nenhuma mazela sobre as nossas vidas, nenhum argumento do diabo pode nos prender. Estamos em outro nível! E se há enfermidades, é hora de buscarmos em Deus a nossa cura. É o tempo da nossa saúde. É o basta de Deus. Não é mais tempo de ficar alisando feridas.

O livro de João nos diz: “Se, pois, o Filho do Homem vos libertar, verdadeiramente sereis livres”. (João 8:32-36). Então creia que você é livre. Não deixe ninguém, nem o diabo, colocar suspeita sobre sua libertação, ainda que você esteja em uma fase, um processo. Não deixe que homem nenhum, por mais ungido que seja, coloque em dúvida a autenticidade da sua libertação. De igual forma em Tiago 1:21 diz: “despojando-vos de toda sorte de imundície e de todo vestígio do mal, recebendo com mansidão a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para curar as vossas vidas”. Você foi curado!

Em Romanos 8:14 está escrito que somos filhos de Deus e, como filhos, somos guiados pelo Espírito de Deus. Sem libertação e cura as nossas conquistas são falsas, ou seja, da mesma forma que conquistamos, perdemos. Mas, com libertação e cura, até o que aparentemente não conquistamos já é nosso, porque no tempo de Deus virá formoso e perfeito e o Senhor nos entregará territórios novos.

Fazemos parte de uma geração que é chamada a santidade. Chegarão dias em que os que pregam, tocam, dançam, cantam, enfim, os que ministram no Altar, se não estiverem em linha com Deus morrerão. Entramos na unção do levita para estabelecermos o juízo de Deus. A Visão Celular é uma Visão que tem nos ensinado a cumprir princípios. Você será o padrão de Deus para conquistar as nações. Chegou a hora de Deus mudar o relatório da Igreja.

O Senhor não quer que você passe a vida toda ouvindo o que ouve, recebendo o que recebe e de vez em quando ainda receber uma visitinha do diabo. Chega! Deus não tem interesse que Seus filhos fiquem no Planeta ocupando espaço sem objetivo. Você não foi chamado por Deus para viver compartilhando com o diabo. Você foi chamado para compartilhar da glória de Deus.


Santidade em família

A família tem que ser santa. Vamos parar com as brincadeiras de um dia estar bem em casa e no outro dia estar mal com o cônjuge, com os filhos. Parar com essa história de aprender o certo e praticar o errado. Deixar de ter uma vida dúbia: na Igreja é uma coisa, em casa é outra totalmente diferente.

Vamos aprender a viver os princípios do Reino de Deus e colocá-los em prática em todos os lugares em que estivermos, pois é assim que o Senhor quer que façamos. Ele está-nos dando uma oportunidade de ouro. Ele não nos salvou para qualquer coisa, mas para a excelência. Então, não seja como alguns que durante um culto poderosamente ungido ficam olhando para o nada, ouvindo, mas não escutando.

Saiba que você nunca terá além do que a Bíblia promete, mas, também, em hipótese alguma, aceite menos do que Jesus tem para oferecer a sua vida. Não viva um milímetro a menos daquilo que Deus prometeu para você. E, se você está satisfeito com o que já alcançou, creia que o Pai ainda tem muito mais para lhe oferecer.

Homens e mulheres de Deus precisam crer que Deus quer lhes colocar numa medida de fé sobrenatural, quer lhes fazer viver em perfeita harmonia e paz, mas, para isso, vocês devem aprender a cumprir os princípios estabelecidos na Palavra e gerar um nível, cada vez maior, de intimidade com Ele.

Crie metas para a sua vida espiritual, para a sua vida familiar, para a sua vida secular. Deseje ser um homem, uma mulher, ainda melhor do que você é hoje. Crie metas e depois veja as conquistas que o Senhor tem para entregar a você e sua casa. Você verá que, infelizmente, alguns irmãos, nos próximos cinco anos, podem estar pior, tudo porque não souberam ousar. Em compensação, você, e todos os que quiserem, podem encabeçar a fileira daqueles que colhem resultados satisfatórios por causa de um projeto começado a partir deste estudo.

Você será, no futuro, as sementes que plantar neste tempo, no presente. Decida investir em Deus e em Seu Reino o que você tem e o que você é. Hoje é o basta de Deus para o que está errado em sua vida. Como você conseguirá? Com esforço, com jejum, com oração e com uma vida derramada no Altar. Seja como o homem de Mateus 8 que desejou ser limpo e obteve o favor do Mestre. Experimente a cada dia da graça de Deus.

Aproveite e viva tudo que Deus destinou pra você.

8 de nov de 2007

Enfermo?

A CURA DE UM CEGO DE BETSAIDA, texto chave – Marcos 8.22-26.


Ser cego realmente é muito doloroso. Os cegos de nascença não sabem o como é o sol, a lua e as estrelas, não conhecem cores, a fisionomia das pessoas e etc. Jesus pode curar esse mal terrível com um simples toque e garantir que vejamos de modo perfeito para sempre. Hoje Deus quer tocar a todos e levar-nos a ver perfeitamente.

1. Trouxeram um cego – verso 22 – Um cego sempre precisará ser conduzido por alguém a algum lugar. Se ainda somos cegos devemos nos acostumar a ser conduzidos por pessoas o tempo todo, mas se já fomos curados deveremos conduzi-los a Cristo.

2. Jesus toma o cego pela mão, leva-o para fora da aldeia e aplica-lhe saliva nos olhos – verso 23 – As duas primeiras atitudes de Jesus demonstram amor e dá-nos segurança, porém a segunda é inusitada e nos diz pelo menos duas coisas. 1ª Jesus tem uma maneira própria de agir com cada um que às vezes nunca entenderemos; 2ª Ele fará qualquer coisa por mim e por você.

3. Vejo homens andando como árvores... – verso 24 – Resumindo, aquele homem não estava vendo absolutamente nada. Muitos têm o primeiro contato com Jesus e... Nada! Precisam ser tocados novamente por Jesus, ir ao encontro segunda, terceira, quarta vez até que...

4. Novamente impôs as mãos – verso 25 – Jesus está disposto a tocar-nos quantas vezes for preciso para que vejamos perfeitamente, basta desejar seu toque. Agora esse homem via de modo perfeito! Milagre! Aleluia!

5. Não entres na aldeia! – verso 26 – Jesus manda o cego pra casa. Ele não morava na aldeia, mas com toda a certeza esta apontava para uma vida de pecados para aquele homem, senão o Mestre não teria ao menos mencionado. Jesus é claro e incisivo! Na sua vida, o que representa esta aldeia? Seja o que for, siga a orientação de Jesus e garanta que verás para sempre! Viver curado é viver definitivamente longe do pecado.

7 de nov de 2007

O que Deus espera de mim?

Texto Chave: Miquéias 6:6-8 - "Com que me apresentarei ao SENHOR e me inclinarei ante o Deus Altíssimo? Virei perante ele com holocaustos, com bezerros de um ano? Agradar-se-á o SENHOR de milhares de carneiros? De dez mil ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão? O fruto do meu ventre, pelo pecado da minha alma? Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a beneficência, e andes humildemente com o teu Deus?"

Introdução: Muitas pessoas pensam que apenas com religiosidade conseguem agradar a Deus e atrair sua benção. Acham que cumprir rituais e participar de cultos é o suficiente. Entretanto, o Senhor tem expectativas mais elevadas a nosso respeito. Nesse texto, Ele instrui o seu povo através do profeta Miquéias, especialmente no versículo 8.


1) “Que pratiques a justiça...” - Isto nos fala da SANTIDADE: Normalmente a palavra justiça na Bíblia tem o sentido de santidade, ou seja, de nossa adequação aos padrões de Deus. Esta é a primeira coisa que Ele exige de nós, que não sejamos apenas religiosos ocos, sem testemunho (como eram os fariseus), preocupados com rituais, mas cheios de comportamento pecaminosos. Se queremos agradar a Deus, temos que viver uma vida santa – Ler também Mateus 23:27-28; Hebreus 12:14 e Romanos 6:19.

2) “Que ames a beneficência...” - Isto nos fala de SERVIÇO: Beneficência ou benevolência tem o sentido de abençoar os outros de maneira prática. Podemos fazer isso através da oração, do evangelismo, da consolidação, do discipulado e nos esforçando por suprir as necessidades físicas, emocionais e espirituais de quem está à nossa volta. E mais: devemos amar a beneficência, ou seja, fazer tudo isso com paixão! Não podemos dizer que amamos a Deus, se não amamos as pessoas, e não podemos dizer que amamos as pessoas se não estamos dispostos a investir nelas. – Ler também I João 4:20 e Gálatas 6:9,10.

3) “Que andes humildemente diante do Senhor teu Deus.” - Isto nos fala de RELACIONAMENTO COM ELE: Andar diante de Deus é ter uma vida de intimidade com Ele. A religião nos faz escravos de Deus, mas Ele nos quer como filhos. A condição para isso é que tenhamos um coração quebrantado e humilde, que aceite sua palavra. Não conseguiremos agradá-lo, sem investir em práticas como a oração, a meditação na palavra e a adoração genuína – ler também João 15:13-15, Isaías 55:6 e João 14:6.

Estudo elaborado pelo Pr. Danilo Figueiras

6 de nov de 2007

Totalmente nacionalista....

Sabe caros amigos, sei que o nosso amor pela terra de origem não anda muito bem, pode ser que esse desamor seja derivado da desqualificação política ou mesmo cultural daqueles que dirigem nossa nação ou mesmo pela nossa falta de patriotismo.... para de conversa fiada..... Na verdade escrevo esta postagem pra dizer ao meu amigo Wlad Colman que ele é muito massa e que com certeza ficaria muito mais elegante com uma foto onde tivesse a bandeira norteamericana no fundo.
Falow mano, um grande e gotoso abraço, que Deus continue iluminando sua familia e todos aqueles que estão ao seu lado.